Bauru: A Capital Nacional do Voo a Vela

Historicamente, Bauru sempre foi considerada um centro de formação de pioneiros da aviação brasileira. O Aeroclube de Bauru ocupa um lugar de relevante importância no processo da aviação nacional devido a sua grande contribuição para o desenvolvimento dessa área.

Em posição geográfica privilegiada e contando com um histórico invejável, a cidade Sem Limites é um centro de excelência na modalidade. Para os moradores de Bauru, já se tornou comum, nas tardes de dias quentes, ver nos céus pequenos aparelhos sobrevoando suas casas. No entanto, nem todos os bauruenses sabem que naqueles engenhos voam campeões e uma parte da história da cidade.

O Voo a Vela é praticado em Bauru desde 1942, introduzido pelo imigrante alemão Hendrich Kurt.

Pacifista convicto, Kurt veio para o Brasil fugindo do nazismo e no início dos anos 40, esse engenheiro mecânico (que também era artista) se estabeleceu em Bauru, juntamente com o engenheiro e cunhado Hans Widmer. Foi Kurt quem construiu os primeiros planadores na cidade de Bauru, entre eles o curioso “Canguru”. Em 1.940 o Aeroclube de Bauru formou sua primeira turma de pilotos de planador. Daí para frente, pelo pioneirismo da fabricação dos primeiros planadores, pela instituição de um curso regular para pilotos de Voo a Vela e principalmente graças as naturais ondas térmicas que se são abundantemente típicas na localidade, Bauru foi sendo cada vez mais procurada para a prática do esporte. Nos anos 70 o esporte se disseminou pelo país e a cidade de Bauru , em virtude da vantagem metereológica e da grande frota de planadores do Aeroclube, passou a ser conhecida internacionalmente como “A Capital Nacional do Voo a Vela”.

Atraindo pilotos e apaixonados pelas alturas desde os anos 40, Bauru logo se tornou um celeiro de campeões de voo a vela. Com as incríveis condições metereológicas da região, a possibilidade de voar no céu de Bauru era muito intensa e isso trouxe um diferencial competitivo para os pilotos que vinham brevetar-se ou praticar o volovelismo no Aeroclube de Bauru.

Essa intensa movimentação na cidade chamou a atenção da Associação Brasileira de Voo a Vela e Bauru passou a sediar os campeonatos a partir do ano de 1955, recebendo em suas dependências pilotos do Brasil inteiro que vieram competir no II Campeonato Nacional de Voo a Vela.

Nas décadas de 60 e 70, a cidade de Bauru passou a ser um point tradicional para a prática do esporte e muitos Campeonatos Nacionais foram realizados no aeroclube. Já apontada nessa época como um dos principais centros da modalidade do esporte Voo a Vela, a escola prosperou atraindo centenas de interessados em aprender o volovelismo.

Considerado um dos melhores centros de formação de pilotos de planador, o Aeroclube de Bauru se destaca até hoje por possuir a maior frota comunitária de um aeroclube brasileiro e também por ser um dos clubes com maior atividade aérea em todo Brasil.

Os pilotos do Aeroclube de Bauru detêm 10 recordes nacionais de planadores, em diferentes categorias. Sempre participando ativamente de provas e competições, os pilotos do Aeroclube de Bauru se destacam trazendo prêmios e troféus para a cidade. Com sua reputação de imbatível na prática do esporte, o aeroclube ocupa o primeiro lugar do ranking nacional há vários anos.